<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13031105\x26blogName\x3d%23__+Cacos+-+UFPI+__%23\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://cacosufpi.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://cacosufpi.blogspot.com/\x26vt\x3d-5838152927335159396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A necessidade de novos caminhos
27 novembro 2007

Carlos Rocha
Como dar novos caminhos para a discussão do movimento estudantil? Em uma época que a tecnologia tem grande relevância cada vez mais estudantes estão fora de discussões do movimento.
Digo que eles estão fora das discussões não me referindo apenas às muitas vezes infutíferas pelejas político-partidárias, mas às disucussões do que mudam a vida cotiana da pessoa como estudante e como jornalista. Voltando à pergunta principal, como fazer um movimento mais aberto, como as pessoas participem mais e deixem de ficar somente em críticas por corredores sem ação?
É engraçado o que vem agora porque lanço a pergunta, mas não procuro dar a resposta. Deixo para os que leêm dar uma explicação e uma ação no sentido de procurar fazer o que acham certo em movimento estudantil. Cada um sabe o que é melhor é tem seus próprios pensamentos e ditar o que é o certo é uma grande bobagem.
Não faço aqui demagogia e sei que cada um participando é mais um sonho do que uma meta atingível, entretanto tudo começa a partir de um sonho e com a contribuição de cada um é possível fazer mudanças.
Aberto a respostas nos comentários

Escrito por Carlos Rocha em 01:36 :